quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Não há floresta que resista!

Katarini em ComunicaçãoMídiaAmbiente&Diversidade
...A uma semana do Encontro de Comunicação Ambiental: quase de volta à vida

Vai fazer 4 anos que deixei de comer carne por convicção. Não indico ou prego a prática para ninguém, nem fico levantando bandeira, falando para os 4 ventos, muito pelo contrário, vegetariano fica anti-social, prefiro nem comentar para não incomodar os carnívoros. Mas a verdade é que pra mim faz muito bem não colaborar com a destruição da floresta, mas do que já tenho que fazer no dia-a-dia. Sim, não quero contribuir ainda mais com o desmatamento: esse é meu motivo. Claro que também tenho dó do bicho (principalmente depois de ver o documentário "A Carne é Fraca" do Instituto Nina Rosa) e nunca fui vidrada em carne, se não, acredito que o sacrifício seria maior.

Esta minha opção ficou mais fortalecida depois de ver matéria veiculada a semana passada no Estadão. Entre 2003 e 2006 o rebanho bovino cresceu 10 milhões, sendo que 96% desse crescimento ocorreu na Amazônia Legal - desmatando vegetação para colocar o gado. A estimativa é que 70% das derrubadas das florestas são feitas para colocar pasto. E a maior parte da carne produzida em área de desmatamento é consumida pelo Sudeste - 69%. Só 12% fica para a população da própria Amazônia.

Tem mais um dado, no mínimo curioso, o Brasil tem mais boi que gente: o rebanho chegou a 250 milhões de cabeças - esperando a guilhotina.

A matéria ainda ressalta brilhantemente: "Ainda sobre a carne, não é de hoje que vem sendo dados alertas de que o aumento no seu consumo é um forte ingrediente para o aquecimento global. O próprio Rajendra Pachauri, Nobel da Paz e presidente do Painel da ONU para as Mudanças Climáticas (IPCC) recomendou que, para o bem do planeta, as pessoas comam menos carne. Isso porque, para se produzir um quilo de proteína animal, são necessários vários outros de proteína vegetal - soja, milho. E haja terra para plantar grãos para alimentar gado para alimentar humanos... Nessa toada, não há floresta que resista".

É, não há floresta que resista.

Quer mais informações sobre o assunto?http://www.estadao.com.br/vidae/not_vid263803,0.htm

Forte abraço

2 comentários:

Ivy disse...

Ai, Katarini, eita assunto espinhoso, né???? Eu tento ao máximo me educar e REDUZIR o meu consumo de carne, mas NÃO COMER é uma coisa que eu ainda estou longe.... FRAQUEZA da minha parte... Beijão!!!

Ani disse...

=0
Tô Chocada!!!
...
Bom, o documentário já está no Nosso Canal, dividido em duas partes:
www.youtube.com/vidaguaefloresta