sexta-feira, 4 de julho de 2008

Alô aos navegantes!!!

Mitos e Meios Ambientes - Ani e Camila

Olá Navegantes! Navegantes de todo esse Meio Ambiente Cibernético!

Quem vos fala hoje é a última integrante do Coletivo a fazer sua primeira inserção (retardatária? imaginem...).
Irei dividir essa pequena vastidão de Coluna com minha parceira de bordo no Vidágua, a Camila (vulgo, Camis). Ah, eu sou a Ani: muito prazer!

Semana passada, por motivos pessoais (e outros não tão pessoais assim) tive que me ausentar do navio, ou seria do barco, onde todo esse Coletivo se encontra e encontra convosco?! Bom, não importa...Como estava dizendo, me ausentei e a Camis fez sua inserção, portanto (e nada mais justo) hoje eu farei a minha!
Preparem-se, o texto é longo! (Brincadeirinha...pior que é verdade...).


Como eu vim parar aqui, no Vidágua?
É, essa é uma pergunta crucial cuja resposta não encontro muita lógica. Porém, vamos ao meu paradeiro, digamos, 'ambiental'...

Paulista suburbana, só via árvores nos parques da megalópole e morria de medo dos "bichinhos da terra" (somam-se todos os insetos que persistem em sobreviver naquela cidade: minhocas, formigas, tatus, joaninhas, abelhas,lagartixas, baratas, argh!); detestava 'mato' e adorava a correria, o trânsito, o ar poluído, os rios sem vida, e o cinza, ah, o grande horizonte cinzento, que beleza! - Isso sim são os sinais do desenvolvimento! Isso sim é a vida! E, não aquilo que se tem no interior: calmaria, credo! E os dias ensolarados nos quais você vê a olho nu a bola de fogo que nos aquece? - O evidente sinal do atraso. Falando nisso, vivia atrasada...sempre era tarde demais pra você parar e pensar na vida...ou simplesmente parar sem motivo em alguma praça...(se bem que parar nas praças de Sampa nunca é recomendado...a menos que você se desapegue facilmente de seus pertences...).
Resumindo, uma vida feliz a minha, não?!
Eis que, num belo dia de Sol, caio de páraquedas (nada mais, nada menos que) onde?!
Sim, sim, em Bauru City!!!
Eca! Quanto verde, quantos 'bichinhos da terra' (eu ainda acho que eles queriam me morder, mas, superei isso...rs...), como as pessoas são lentas, como tudo é 'pertin'... Dónde estoy yo?!, pensei. Pensei, pensei e continuei pensando, comparando tudo...

E num é que é legal viver aqui?!
Percebi que podemos valorizar coisas e hábitos diferentes e nem por isso viver no tão evitado atraso.
Vi o quanto as pessoas aqui são ligadas à natureza (apesar de ser uma cidade urbanizada), o quanto acordar de manhã e ir a pé pro trabalho é bom! O quanto é ótimo morar numa alameda cheinha de árvores que sorriem pra você ao vento. O quanto é maravalhoso tudo ser pertin. O quanto é melhor viver apenas com o necessário...Enfim, viver aqui é bom e não se discute!!!

Dessa minha metamorfose interior até o Vidágua foram 3 anos de Bauru e mais alguns pulinhos...Que me renderam e renderão novos olhares, novas e inesquecíveis experiências de vida, e muitas, muitas expectativas que (tenho certeza) serão alcançadas!!!

Bom, a minha intenção hoje era fazer essa BREVE introdução e discutir algumas práticas de consumo sustentável...MAS, forças maiores me obrigam a deixar o Consumo pra semana que vem (isso se a Camis topar)...Fiquem tranquilos, um dia consumiremos com sustentabilidade (creio eu)...

Obrigada pela atenção e motivação!
Bjinhos e té semana q vem!
Ani.

Um comentário:

Camila disse...

Ani...
lindo texto, parabéns.
e semana q vem looogico que escrevemos sobre consumo solidário
mto bom estar no Vidágua com vc.
bjoooos
inté a volta